A Elas....


O parlamento de Imperatriz, Maranhão,  fortalecendo o vínculo com a sociedade, brinda várias mulheres, mães, e cada uma na condição de mães cidadãs, naturais e/ou advindas de outras regiões do brasil, e com seus talentos, afazeres e claro, seus encantos, não só se encantaram com a Majestosa, como encantaram os que delas se aproximaram, os encantos transcenderam as condições de conhecimentos e proximidades, achegaram-se via amizades, andaram uns passos a mais e, se viram amando; A Essas mães, mulheres de fibra, fortes e contrárias à fragilidades, todas as atenções da casa de leis, imperatrizense, que  sob o comando de José Carlos Soares, e com o apoio de seus pares, procuraram numa sessão solene homenagear cada uma, com palavras, gestos, presentes e canções que as emocionaram, e assim fizeram nesta quinda dia 07.  Holofotes, um pouco do histórico, abraços e afagos conseguiram dizê-las quão importantes são, para a família, amigos e como membros dessa sociedade que a cada dia se deleita com as maravilhas, mas, também enfrentam  corajosamente as adversidades nossas de cada dia, em nossa cidade. Parabéns! por serem o que são: Mulher, mãe e, por ter em si uma amor que acolhe, aconchega, mas, que adverte se preciso; Que num ato de amor, concebe, gera e dá a luz, e se dedica a iluminar os passos nossos, até que consigamos também ser luzes, a nosso tempo e lugar. Nosso gesto de admiração e respeito a toda a estrutura, idealizada e realizada, a dedicação de cada funcionário (a) que tão  bem fez  o que lhe fora confiado; Aos músicos que deram o tom e sonorizaram o ambiente, com um repertório adequado e, aos Vereadores, que vem se esforçando cada um a a seu modo, procurando desenvolver o mandato que lhes fora confiado. Ao ex-presidente Hamilton Miranda (PSD) que nos seis anos que atuou sobe conduzir sem prejuízo do parlamento e suas prerrogativas, e ao atual presidente José Carlos (PTB) que sem a pretensão de ser melhor, vem procurado imprimir sua marca, na administração da Câmara, por uma perspectiva de maior proximidade da comunidade, acolhendo-a não só na condição de exigências e ou reclames, mas, também na condição de celebrar as coisas, cujas causas se fizeram festivas, e a homenagem às mães foi e, como foi válida.  Parabéns a você mãe.

Postar um comentário

0 Comentários